Ilhas do mar

quarta-feira, dezembro 10, 2008

E por vezes

E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se envolam tantos anos.

David Mourão Ferreira

2 Comments:

  • Mal fora iniciada a secreta viagem
    um deus me segredou que eu não iria só.

    Por isso a cada vulto os sentidos reagem,
    supondo ser a luz que deus me segredou.

    z

    By Anonymous Anónimo, at 11:03 da tarde  

  • Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
    costume jewelry

    By Anonymous splendid, at 5:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home