Ilhas do mar

domingo, janeiro 20, 2008

Ainda ... O Turismo nos Açores

Igreja Matriz e antigo Colégio dos Jesuítas- Horta

Veja aqui


... Após uma auscultação a algumas das edilidades camarárias e empresários do sector do turismo nota-se que partilham da opinião do prosseguimento e fortalecimento da marca “Triângulo dos Açores” e que manifestam algum desapontamento em relação ao posicionamento deste espaço no plano de turismo, não fazendo este qualquer referência a esta realidade e ignorando alguns dos investimentos turísticos, que estão em decurso, e outros previstos pelas entidades governamentais.

Assim, defendem a promoção dos Açores no geral, mas que deve existir sub-destinos diferenciados, frisando que o Triângulo é um deles, e que deverá centrar-se num turismo de qualidade, orientado para sectores específicos de mercado, apoiado numa estratégia articulada e amplamente divulgada.

Estas entidades afirmam que a localização geográfica das três ilhas permite uma fácil movimentação dos turistas. A singularidade dos recursos existentes em cada uma delas, bem como alguma transversalidade de outros permite que estes sejam transformados em bons produtos turísticos, promovendo uma boa articulação das actividades a implementar.

As acções propostas passam pelo incentivo ao investimento público e privado para melhoria de infra-estruturas, sensibilização, consciencialização e formação da população para a importância do turismo e da necessidade de divulgação junto dos mercados emissores, pretendendo captar os seguintes perfis: “Turistas activos – nature explorers (procuram actividades de contacto com a natureza), sea explorers (procuram actividades de contacto com o mar), addicted to nature (observação e estudo de espécies) e extreme lives (experiências radicais); Turistas contemplaticos – moments for two (casais que procuram tranquilidade), sénior discovering (procuram tranquilidade e contacto com a população local), back to origins (luso descendentes) e azorean circuit (grupos organizados de operadores). Com a finalidade de concretizar estes objectivos encontra-se em elaboração um Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo no Triângulo.

In "Os impactes do POTRAA na ilha do Pico "


4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home